domingo, 4 de junho de 2017

Orando pela juventude

Sempre oro a Deus Jeová que tire da mente e do coração da juventude a falsa ilusão de serem felizes em festas , quando muita das vezes é a parti desses eventos que eles são apresentados as drogas ,promiscuidades e alcoolismo. Oro principalmente pelos jovens acima dos 25 anos, quando nessa fase eles já teriam que se envolver com questões políticas, sociais e ecológicas, e assim salvar um pouco o nosso planeta de tanta fome, violência e mazelas.
O blog de Antônio Felicíssimo Netto “Cristão, engenheiro mecânico e instrutor de informática sempre alerta a juventude sobre isso” -“A verdadeira alegria, que não tem dia e hora para acabar, que não adoece, não traz indignidade, vergonha e dívidas nunca esteve e nunca estará no carnaval. A verdadeira alegria está em Cristo. Aquele que pode dar vida e vida em abundância. Só nEle, há nova vida:
"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo". (2 Coríntios 5:17)
E o Papa Francisco fala para juventude: “A misericórdia tem sempre o rosto jovem. Porque um coração misericordioso tem a coragem de deixar a comodidade; um coração misericordioso sabe ir ao encontro dos outros, consegue abraçar a todos. Um coração misericordioso sabe ser um refúgio para quem nunca teve uma casa ou perdeu-a, sabe criar um ambiente de casa e de família para quem teve de emigrar, é capaz de ternura e compaixão. Dizer misericórdia juntamente convosco é dizer oportunidade, dizer amanhã, compromisso, confiança, abertura, hospitalidade, compaixão, sonho.
Lançai-nos, Senhor, na aventura de construir pontes e derrubar muros (cercas e arame farpado); lançai-nos na aventura de socorrer o pobre, quem se sente sozinho e abandonado, quem já não encontra sentido para a sua vida. Eis-nos aqui, Senhor! Enviai-nos a partilhar o vosso Amor Misericordioso. Queremos acolher-Vos nesta Jornada Mundial da Juventude, queremos afirmar que a vida é plena quando é vivida a partir da misericórdia; esta é a parte melhor que nunca nos será tirada."

Amém para encerrar e oração também para nós, os pais, que temos os nossos filhos ainda imaturos, muitas das vezes engravidando em momentos festivos e cometemos erros e desacertos durante todo o processo da educação. E para nos alertar : De acordo com o Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), tem crescido 25% a cada década o índice de gravidez na adolescência. Pode-se considerar que este fenômeno é uma questão social, já que a gestação no período da adolescência vem acompanhada de muitas dificuldades tanto para a mãe, quanto para a criança e conseqüentemente para a família e sociedade em geral.